domingo, 26 de abril de 2009

Mala


Eu trago uma mala na mão. Daquelas grandes e antigas que trazem dentro borboletas, pós mágicos, arco-íris e bolas de sabão. É uma mala de cabedal, com um fecho daqueles antigos em que, distraída, muitas vezes, na ansiedade de a fechar ou de a abrir, entalo os dedos. Dentro da minha mala, cabe o meu mundo. Sigo o meu caminho sempre com ela na mesma mão. Há dias em que me pesa mais e me marca as mãos, me causa dor. Outras é leve e divertida. Umas parece um apêndice de mim, outras é o meu prolongamento e somos Unas.
Certas vezes, quando sozinha comigo estou, abro-a e fico a olhar-lhe o fundo que nunca encontro, e não pensem vocês que é amadorice minha! Ponho o braço dentro dela e não lhe toco o forro e sempre que a invado com a minha curiosidade eterna, ora brilham estrelas, ora alto vai o sol! Às vezes também chove e eu deixo-a semi-aberta, encosto-me sobre ela e adormeço ao som da chuva miúda ou da trovoada. Levo o meu mundo todo dentro dela. Todos os dias, todos os sentimentos, todas as paisagens e todas as caras que não me lembro de conhecer com o olhar, mas que algures sinto com o coração. E sou uma espécie de Mary Poppins a voar por aí, a partilhar a minha bagagem com quem comigo se vai cruzando. E porque a vida é bela e cheia de sentido na sua absurdidade ( Arnaud Desjardins), eu vou aprendendo a ser feliz com aquilo que encontro nela, porque ela nada me dá, vive para além de mim.

8 wake ups:

Hélio 27 de abril de 2009 às 00:26  

Acredita que tu és a Mary Poppins incarnada, na vida real! Quem consegue trazer o perfume dos sonhos e da inocência como tu consegues, deveria ser capaz das maiores magias a acompanhar...
Um abraço daqueles! :)

Cão(somente) 27 de abril de 2009 às 00:37  

Su, esse sentimento de dádiva, de partilha, fazem de ti um ser extraordinário que "transpira" felicidade.
Quem dera que todos nós carregássemos um a mala e tivéssemos a capacidade de ir distribuindo as pequenas felicidades que no seu todo fariam um mundo feliz...
Beijinho

Daniel Silva (Lobinho) 27 de abril de 2009 às 00:57  

Su,

és uma das pessoas mais transparentes e verdadeiras que conheço pelos blogues que leio. Demonstras o que ralmente és.

E retiraria isto: "eu vou aprendendo a ser feliz com aquilo que encontro nela [a vida ], porque ela nada me dá, vive para além de mim."

Lindo. Surpreendes-me sepre.

Beijinhos amigos de boa semana e obrigado pelo comentário, mas isto nao é uma troca de galhardete. É mesmo o que sinto. Se penso saber, estás numa fase de amadurecimento, de "zen", de silêncio mas nao solidão como quem contempla e soprri. É o que deduzindo e lendo dos teus posts. E irradias uma enorme serenidade...

Nuno G. 27 de abril de 2009 às 09:17  

belo texto, cheio de magia e sonho... gostei muito, vou estar atento!

(www.minha-gaveta.blogspot.com)

the reason is you 27 de abril de 2009 às 09:56  

Su,

tão bonito!!

beijinhos e abraços

Nelson 27 de abril de 2009 às 12:40  

Todos temos uma mala onde carregamos o nosso mundo. O segredo é saber conviver com o seu interior, saber esvazia-la de pesos mortos enquanto a enriquecemos com sorrisos renovados!

Sávio Fernandes 27 de abril de 2009 às 21:32  

Caramba! Essa tua mala é bem melhor que a do Sport Billy.[Aqui entre nós, esse texto foi tirado da malinha. (: ]

Pedro Barata 28 de abril de 2009 às 18:19  

Gostei! :) Não metas o tijolo na malinha como no Duarte e Companhia! Lol

Su's sounds

Este blog contém posts e comentários.

Se me quiseres contactar:


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:



Veja mais: Ferramentas Blog | By FormularioPRO

Wake Up clock

Su on Twitter

    follow me on Twitter

    And the winner is... Little Susie

    And the winner is... Little Susie
    da Mimo Azul

    um mimo da Miepeee

    Orgulhosamente recebido da Tecnenfermaginando, do Mimo Azul e da Malinha Viajante

    mais um miminho da Miepee... um daqueles!

    Contador

    Wake up Little Susie 2008 © Blog Design 'Felicidade' por EMPORIUM DIGITAL 2008

    Back to TOP