quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Frase do dia

Devíamos todos tentar combater a solidão uns dos outros. Com marotice ou sem ela.

citado por luminary

33 wake ups:

luminary 30 de outubro de 2008 às 16:25  

1 euro, faz favor

susana 30 de outubro de 2008 às 20:05  

:) digamos que essa frase surgiu no decorrer de uma associação de ideias em que eu tive a minha cota parte de participação... um desconto de 50%?

luminary 30 de outubro de 2008 às 21:34  

Os meus advogados estão a estudar a questão e o departamento financeiro terá em conta as suas alegações na avaliação do valor dos direitos de autor.

susana 30 de outubro de 2008 às 21:37  

:)a citação está bem feita:( tem as letras em itálico e o autor por debaixo....:) estou perdoada?

luminary 30 de outubro de 2008 às 21:41  

Essa história do autor pode debaixo... Já te disse que essas coisas podem levar a más interpretações na praçoa pública :) Falta a editora, as páginas, a data de edição da obra.

susana 30 de outubro de 2008 às 21:45  

ahahahaha:) olha... a tua companhia começa a ser habitual e hoje até sabe bem que tou mesmo constipada e rir com o nariz entupido tem a sua graça:)

luminary 30 de outubro de 2008 às 21:57  

É, parece que faz roncar. Não te habitues é à minha companhia, isto de falar com pessoas com quem não se conhece é complicado. O melhor é não contar com a habituação... Depois, podes-te constipar a dobrar

susana 30 de outubro de 2008 às 21:59  

ok... tens razão...:)

luminary 30 de outubro de 2008 às 22:07  

Não fiques lacónica de repente. Não é necessário. Eu só não gosto é de desiludir as pessoas, é só isso.

susana 30 de outubro de 2008 às 22:10  

eu prefiro - no geral- não exigir muito das pessoas:)assim nunca me desiludem muito e quando me surpreendem ui ui! é a loucura...

luminary 30 de outubro de 2008 às 22:12  

Essa é a melhor atitude no meu entender. Ainda bem que estamos no mesmo comprimento de onde neste aspecto, menos uma coisa com que tenho de me preocupar :)

susana 30 de outubro de 2008 às 22:16  

:) não precisas de te preocupar... boa noite e obrigada pela visita:)

luminary 30 de outubro de 2008 às 22:18  

Esse parece discurso de quem está mandar alguém embora...

susana 30 de outubro de 2008 às 22:21  

Não estou, sério. Gosto muito da tua presença aqui. Gostaria que fosses ficando, com menor ou maior frequência. Mas sempre sempre com vontade. Este é de facto um fenómeno estranho.

luminary 30 de outubro de 2008 às 22:25  

Se não tivesse vontade, não aparecia aqui. Não estou interessado em bater records de comments ou transformar blogs em salas de chat por puro capricho. Como te disse ontem, gosto de conhecer pessoas, mas sem nenhuma promessa de que depois fiquemos amigos para sempre ou assim. Conhecimento sem expectativas: foi assim que deifni ontem, a um amigo meu, as melhores relações que tenho com pessoas

susana 30 de outubro de 2008 às 22:32  

sabes... eu aprendi que na vida o melhor vem do inesperado. Se passamos a vida a exigir dos outros passamos a vida a desiludirmo-nos com eles e principalmente connosco mesmos. Amigos amigos eu conto-os pela palma de uma mão. E mesmo assim não a enchem. Sabes... eu acredito que nos cruzamos com determinadas pessoas em determinados momentos porque esses encontros são fontes de crescimento. Quando já não é de alguma forma benéfica para ambas as partes as pessoas partem... pode ser doloroso, mas o mundo é assim... cheio de coisas e pessoas por descobrrr.

luminary 30 de outubro de 2008 às 22:34  

Exacto. Eu não seu de deixar pessoas para trás, não gosto de fazer isso. O que pode mudar é a natureza da minha relação com elas, a proximidade, a frequência com que nos vemos... Essas coisas. Eu não acredito muito em teorias de destino, de cruzar com pessoas, mas gosto de falar com pessoas que não conheço de lado algum porque não sie o que vai dali sair :)

susana 30 de outubro de 2008 às 22:35  

queria apenas acrescentar algo... em nenhum momento e com ninguém eu deixo de dizer o que penso e o que sinto só pelo receio da eminência da partida. Na minha vida já houve muitas partidas. Não vivo dependente delas.

luminary 30 de outubro de 2008 às 22:38  

E acho que fazes bem. Eu conto sempre que os outros digam o que sentem, até porque faço o mesmo

susana 30 de outubro de 2008 às 22:53  

:) as pessoas podem estranhar a minha forma de ser, mas quando digo que sou transparente sou-o mesmo. Não inibo o que sinto nem o que penso e muito menos com receios. Sei que pode chocar, ser mal interpretado mas isso é porque vivemos numa sociedade que vive das aparências. Eu sou o que sou. Se me apetece dizer " gosto de ti" digo. Se não me apetece falar não ouves uma única palavra minha. Se me apetece abraçar abraço. Gosto de manter fiel a mim mesma.

luminary 30 de outubro de 2008 às 23:00  

A fidelidade a si mesma é importante. E lamento, mas não me podes abraçar, há esta coisa chamada INternet... :) Eu também não tenho inibições, seja de mostrar o que sinto, ou dizer o que penso, mas normalmente, sou um bocadinho bruto na forma como ponho as coisas. Quando falo, o que disse leva arestas e pode aleijar

susana 30 de outubro de 2008 às 23:03  

pois... e eu que sou fâ de abraços:)! bolas!Eu bruta acho que não sou... mas como te disse ontem... adoro a tua genuidade.

luminary 30 de outubro de 2008 às 23:05  

Eu também gosto muito de abraços; e beijos; e é melhor não continuar por esta estrada.
Se gostas de pessoas genuínas... não posso dizer que sou totalmente genuíno, mas tenho um lado labrego muito pronunciado:)

susana 30 de outubro de 2008 às 23:16  

ehehehe... não nada como um ar labrego....:)o lado puro, bruto e inocente campesinal. Oh yeahhhh:)! aahahahaha

luminary 30 de outubro de 2008 às 23:19  

Hei, eu não sou da cidade, portanto tem lógica. Nem todos podemos morar em carnaxide, Lisboa... :)

susana 30 de outubro de 2008 às 23:24  

olha fica tu sabendo que carnaxide é um sítio pacato e onde as pessoas ainda se falam e conhecm de vista...( eu gostava que fosse assim)... e não tenho nada contra o pé descalço, a vizinha cuscuvilheira, os gatos no quintal e o sentimento de liberdade sentido no contacto directo com a natureza... vivo um pouco isso em st cruz... onde os meus pais semeiam um futuro próximo... campesinal:)

luminary 30 de outubro de 2008 às 23:27  

Não sou saudosista do campo, mas gosto da vida ao ar livre e não viver numa cidade. Gosto da distância relativamente ao barulho e ao bulício.Agrada-me isso...
Isto está a ficar uma sala de chat outra vez...

susana 30 de outubro de 2008 às 23:29  

pois está.... posso enviar-te o meu endereço de email?

luminary 30 de outubro de 2008 às 23:32  

Sim, podes, eu autorizo :)

susana 30 de outubro de 2008 às 23:36  

ok.. então vai a esta página

http://profile.myspace.com/index.cfm?fuseaction=user.viewprofile&friendid=421200485

Lá penso que encontras o meu endereço. Eu n consigo enviar-te de outro modo e escuso de por aqui assim o meu contacto.

luminary 30 de outubro de 2008 às 23:40  

Não consigo encontrar lá o teu endereço... Mas ao menos, já conheço a tua cara :)

susana 30 de outubro de 2008 às 23:42  
Este comentário foi removido pelo autor.
luminary 30 de outubro de 2008 às 23:43  

Podes apagar

Su's sounds

Este blog contém posts e comentários.

Se me quiseres contactar:


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:



Veja mais: Ferramentas Blog | By FormularioPRO

Wake Up clock

Su on Twitter

    follow me on Twitter

    And the winner is... Little Susie

    And the winner is... Little Susie
    da Mimo Azul

    um mimo da Miepeee

    Orgulhosamente recebido da Tecnenfermaginando, do Mimo Azul e da Malinha Viajante

    mais um miminho da Miepee... um daqueles!

    Contador

    Wake up Little Susie 2008 © Blog Design 'Felicidade' por EMPORIUM DIGITAL 2008

    Back to TOP