segunda-feira, 20 de julho de 2009

Amar para Ser

A SHORT LOVE STORY IN STOP MOTION from Carlos Lascano on Vimeo.


Às vezes pergunto-me: qual o caminho que as relações amorosas estão a seguir. Para onde vão? Será que o modo como vivemos o amor na sociedade em que aprendemos a não crescer, a não cogitar, a não viver para além do óbvio não nos rouba a essência legitima do amor? O geracional, o ímplicito, o politcamente correcto, as regras obsoletas e cegas, os padrões. Ai como receio os padrões! Vivemos o amor por passos. Somos nós e ELE formatados. Será verdadeiro? Eu concebo no meu mundo aério um mundo diferente para nós e para o Amor. Onde as pessoas se amam a um nível diferente, mais profundo, menos doente, menos Umbigo. Serão relações para SER, não para Fazer ou para Ter. E a expansão de cada um de nós com o Outro, será ela sim intensa, proliferá o avanço da humanidade, como nem a imaginamos hoje. Amar para ser. Espero que seja esse o caminho.

10 wake ups:

Mikas 20 de julho de 2009 às 13:41  

Cada um vive o amor à sua maneira, e acredito que são as imposições e obrigações sociais que nos impedem de o viver de uma forma mais aberta, sem culpas. Abafamos, escondemos, fingimos... o objectivo ainda não descobri.

André 20 de julho de 2009 às 15:08  

Todos sentimos de formas diferentes, mas não me parece que se sinta mais no verdadeiro 'sentido' do amor! Já não se procura o amor, mas sim o simples facto de se poder ser apenas feliz e quando achamos que o temos queremos que afinal esteja em outro lugar.

Pipi 20 de julho de 2009 às 23:18  

Eu gosto de pensar e tentar imaginar o que estarão as pessoas a fazer naquele instante...quantos pedidos de namoro ou casamento?quantos fazem amor?quantos se separam?

aespumadosdias 24 de julho de 2009 às 19:27  

Tudo depende da intensidade com que se ama o outro.

Sávio Fernandes 25 de julho de 2009 às 22:42  

Não sei se será esse o caminho que os outros vão seguir.
Para mim não faz sentido que seja qualquer outro que não esse.

Gostei bastante deste post.
O vídeo já conhecia e foi óptimo revê-lo associado a estas linhas. (:

Daniel Silva (Lobinho) 27 de julho de 2009 às 15:54  

Belissimo pensamento. ja tinha saudades de passar por aqui...

beijinho amigo :)

Hélio 28 de julho de 2009 às 15:54  

O Amor não é (ou dificilmente é) Amor se for constrito às malhas da Razão, ou do que "deve ser". O Amor é tão belo como a Liberdade, porque Amor e Liberdade são uma coisa só.

Adorei o video!!

"Aquele" abraço :)

HAZEL 30 de julho de 2009 às 13:59  

Parabéns pelo nome e pelo título do blog. Muito engraçado, por sinal!
Boa homenagem aos Everly Brothers!

Antonio Valerio, sj 30 de julho de 2009 às 18:04  

Escreves mesmo bem... q saudades, não te lia há algum tempo! O Amor é ser... e aprender a se-lo, todos os dias. Gostei mesmo. beijinhos e saudades!

the reason is you 5 de agosto de 2009 às 19:26  

Su,

LINDISSIMO!!

Beijinhos

Su's sounds

Este blog contém posts e comentários.

Se me quiseres contactar:


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:



Veja mais: Ferramentas Blog | By FormularioPRO

Wake Up clock

Su on Twitter

    follow me on Twitter

    And the winner is... Little Susie

    And the winner is... Little Susie
    da Mimo Azul

    um mimo da Miepeee

    Orgulhosamente recebido da Tecnenfermaginando, do Mimo Azul e da Malinha Viajante

    mais um miminho da Miepee... um daqueles!

    Contador

    Wake up Little Susie 2008 © Blog Design 'Felicidade' por EMPORIUM DIGITAL 2008

    Back to TOP